segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Primeiro fim de semana sozinhos

Pois é, esse feriado prolongado foi o primeiro fim de semana só nosso. Papai foi acampar e Davi ficou de homem da casa.
Confesso que foi muito estranho, pois sempre tenho o Manfred nos finais de tarde e fins de semana pra me dar uma força com o pequeno. Mas não foi o fim do mundo, foi complicado, tive que me adequar em algumas coisas, claro que a prioridade era o Davi.
Manfred saiu bem cedo no sábado, acabei não conseguindo acordar antes pra tomar meu banho e nem o café da manhã (as vezes consigo levantar antes da mamada do raiar do dia pra tomar banho e café).
Logo que ele saiu, Davizão acordou, era hora do café da manhã. Já tem alguns dias que o Davi acorda entre 6h e 6:30h pra mamar e não dorme mais (to desconfiada que tem Guaraná no meu leite), o bichinho fica ligadão, querendo conversar, agitando geral...as vezes levanto, venho pra sala conversar com ele, mas tem dias que fico enrolando na cama pra ver se ele dorme, não adianta...rsrs..mas batemos altos papos. Sábado não foi diferente, ele acordou e não quis dormir, enrolei um tempo na cama, até que ele começou a ficar irritado, ai não teve remédio, levantei e vim pra sala. Tentei tomar café, mas as mãozinhas estavam bem agitadas... mesmo no sling (sim, aprendi a usar, finalmente), ele não quis desligar...ai desisti, tomei um suco...tirei ele do sling e fomos brincar/conversar/mimar.
Na mamada de lanche da manha ele ficou mais relaxadão...mas ai já eram 10h e pouco da manha, entre mama, arrota, troca fralda, já foi dando 11h e o café já tinha ficado pra trás, acabei pulando direto pro almoço (já tinha deixando marmitinhas prontas)... coloquei ele no sling e no balancinho ele acabou cochilando...comi com ele aninhadinho...tão gostosinho...relembrei os tempos de barrigão...
Ai não quis desgrudar mais, bateu uma saudadona de quando éramos um só, fiquei com ele amarradinho até a próxima mamada...
Então, ai o meu bonequinho mamou bem lindo, arrotou igual gente grande e fez um serviço, mas um serviço, que devia ter tirado uma foto, mas não dava...quando vi que vinha um cocozinho, já fui tirando meia, calça, desabotoando body...rs...e veio né, foi uma coisa inacreditável, ele nunca tinha feito uma dessas (e olha que ele já fez), foi a fralda, as pernas minha camiseta...uma cagança geral...ta beleza, tirei a camiseta (não sei como, pois ainda tinha um bebezico no colo...rs..) e levei ele pro chuveiro (meu mocinho lindo não gosta de banheira, faz um berreiro, então mesmo sozinha eu dou banho no chuveiro (chuveirinho..rs..), confesso que é complicado, mas me viro (faltam braços...rs..)), dei o banho nele, tirei o excesso que havia escorrido nas minhas pernas...e depois de limpo, fiquei torcendo pra ele dar uma dormidinha...e deu..rs..foram 5 minutos, tempo suficiente pra eu limpar a bagunça e ainda tomar um banho em tempo recorde, não tinha nem vestido a roupa ele já estava acordando.
Só que teve um porém...não sei se foi a agitação de fazer tudo rápido pra ele não estressar ou se eu já não estava 100%, minha cabeça começou a doer, os olhos doíam, e tinham uma tonturinha, creio que minha pressão baixou, sei lá...Davi já estava deitadinho na minha cama, então deitei do lado dele, o pequeninho queria atenção, mas eu nem conseguia...pecado...acabei passando o resto da tarde, deitadinha com ele...pensa numa pessoa com medo...era eu...um monte de bobagens vem na nossa cabeça...como pode?!
Mas enfim, passou fiquei o resto da tarde e a noite de sábado na cama, só levantando pra trocá-lo. E depois de uma boa noite de sono, acordei bem graças a Deus.
Domingo tivemos um dia tranqüilo, madrugamos (pra variar), depois que Davi mamou, fomos a padaria (precisava garantir o meu café), no trajeto ele acabou dormindo (barriguinha cheia, no quentinho do sling, mais o balancinho..rs..) fui, voltei, tomei café, recolhi roupas, com ele puxando o ronco. Mas assim que acordou estava todo serelepe...ai o panão foi pequeno pra ele...
E passou quase que todo o dia ligadão, tiramos uma sonequinha lá pelas 16h...e só foi dormir de verdade quase 22h, ai a mãe vai comer, ler, escrever, mas desiste, pois não tem coragem de socializar...
Ai pra ajudar, quase não durmo a noite, minha garganta resolve doer, mereço será?
Só não passei à segunda completamente xoxa, porque meu filhote lindo sorriu pra mim praticamente o dia todo, minha garganta doía, mas cada sorrisão que ele me dava, fazia mais efeito que um paracetamol.
Bem, finalzinho da tarde papai chegou, estávamos com saudades e sim, mamãe estava desesperada por um banho daqueles...rsrsrs...
E foi isso, sobrevivemos sozinhos por 3 dias...
Beijos

PS: Não tirei muitas fotos porque sou uma idiota.

2 comentários:

Vanessa e Enzo disse...

Tah em se vira nos 30! Linda, dá medo mas a gente dá conta. Qt as fotos a gente entende! Só q eu bem queria ver uma do serviço completo com direito a excesso escorrendo pelas pernas da mamãe hauhauahuahaua Que saudades de estar por aqui. E que saudades de vc! Oh tem selinho p vc lá no blog. Bjks nos dois!

♥♥ Thata ♥♥ disse...

As vezes a gente acha q não vai dar conta né? mas dá. E fica toda orgulhosa, rsrsrs

Pelo jeito, Davi tem o mesmo gene serelepe 220v do Dudu. Menina, apelei pra Homeopatia, pq aqui a coisa ficou difícil.

Beijosss!